Como Tirar o CRECI Para Ser Corretor?

Como Tirar o CRECI

Como trirar o CRECI – O corretor de imóveis é o profissional responsável por fazer a intermediação entre compra, venda, locação e permuta de imóveis, dando consultoria em relação à negociação e facilitando o processo entre as partes. Para estar autorizado a atuar, entretanto, é preciso que ele esteja devidamente cadastrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI).

A carteirinha do CRECI é um documento que certifica o corretor, atestando que ele fez e se formou em um curso de Técnico em Transações Imobiliárias em uma instituição de ensino cadastrada no Conselho Estadual de Ensino (CEE). Esta certificação é exigida pela Lei Federal nº 6.530/78.

Saiba como tirar o CRECI

Apenas profissionais autorizados pelo CRECI podem fazer o registro de imóveis ou terrenos de maneira legal. Isso significa que é sempre necessário o auxílio de uma imobiliária ou profissional da área para registrar as negociações de maneira segura. Para quem deseja trabalhar na área, a certificação do órgão é essencial para atuar dentro da lei.

Entenda o passo a passo de como tirar o CRECI para ser corretor de imóveis:

Passo 1: fazer o curso de Técnico em Transações Imobiliárias

O curso técnico da área é obrigatório para quem deseja tirar o CRECI e atuar como corretor de imóveis. É importante buscar uma instituição que ofereça ensino de qualidade e esteja devidamente cadastrada no CEE, além de ser obrigatório que o futuro corretor tenha mais de 18 anos, tenha concluído ou esteja cursando o ensino médio.

Ao longo da formação, serão aprendidos conceitos como:

  • Legislação imobiliária;
  • Operações e negociações imobiliárias;
  • Relações Humanas, Comunicação e Ética;
  • Matemática financeira;
  • Economia e Mercado.

Passo 2: fazer o estágio obrigatório

O estágio é mais uma etapa obrigatória para tirar a certificação como corretor de imóveis. Para isso, é necessário preencher um formulário de inscrição no site do órgão, reunir toda a documentação exigida pelo CRECI e solicitar uma autorização de estágio. Em seguida, é necessário procurar empresas do mercado imobiliário que ofereçam estágio supervisionado.

A dica é levar esta etapa a sério, pois ela é importante não apenas para aprender sobre a profissão, mas para criar bons relacionamentos profissionais e iniciar sua jornada dentro do mercado.

Passo 3: solicitar a carteira definitiva do CRECI

Esta é a etapa mais burocrática. Após ter se formado, recebido seu diploma de Técnico em Transações Imobiliárias e feito o estágio obrigatório, você pode solicitar seu registro definitivo como profissional. Esta solicitação deve ser feita no CRECI de sua região, que exige documentações como:

  • Documento de identidade (RG) e CPF;
  • Certidão de nascimento;
  • Histórico escolar;
  • Certificação do curso;
  • Documentação de estágio, devidamente assinada por um corretor já credenciado;
  • Foto 3×4;
  • Comprovante de endereço;
  • Carteira de alistamento militar (para homens);
  • Cópia do Registro Nacional de Estrangeiro (para estrangeiros). 

Os documentos exigidos podem mudar conforme o local de solicitação. É recomendado sempre verificar antecipadamente no site do CRECI a documentação exigida para tirar a carteira de corretor de imóveis. Apenas com a credencial em mãos é possível iniciar sua atuação na área.

Leia também:

3 DICAS DE COMO MANTER O RELACIONAMENTO COM CLIENTE NA CONSTRUÇÃO CIVIL
QUAIS AS MELHORES CIDADES DA REGIÃO SUL DO BRASIL PARA MORAR?
COMISSÃO DE VENDA DE IMÓVEIS: COMO CALCULAR O VALOR?

Website | + posts

Corretor de imóveis, apaixonado por informação, criador do blog Minha Casa Minha Vida

Deixe seu comentário

5 × 7 =

%d blogueiros gostam disto: