Imóveis

Piso vinílico: como escolher e quais são as características?

Para quem acabou de adquirir um imóvel com uma imobiliária em Bragança Paulista ou em outra cidade do qual irá residir e pretende reformá-lo, o piso vinílico é um revestimento que conquista cada vez mais por seu custo-benefício. Feito de PVC, cargas minerais, plastificastes, pigmentos e aditivos, ele tem uma estética muito parecida com os pisos de madeira, mas com um valor menor.

 

A boa notícia é que existem diferentes opções disponíveis no mercado, permitindo que você escolha aquela que mais atende às suas necessidades e gostos pessoais. Mas, justamente por isso, pode ser difícil encontrar o modelo ideal. Então, pensando em te ajudar, preparamos o post de hoje para falar mais sobre os pisos vinílicos e te orientar na escolha.

 

Analise o ambiente

 

O primeiro passo é considerar o ambiente que o piso vinílico será instalado. Isso porque, ainda que seja uma excelente opção para interiores, assim como acontece com outros pisos, ele não é indicado para determinadas áreas. Nesse sentido, o recomendado é realizar a instalação em ambientes como quartos, salas, lavabos, hall de entrada e até mesmo na cozinha. Contudo, esse é um produto que não pode ter contato constante com a água e muito menos ficar imerso. Sendo assim, ele não é indicado para áreas externas, banheiros ou lavanderias.

 

É possível realizar uma higienização simples com pouca água, a fim de manter a casa limpa. Contudo, se você costuma lavar a cozinha com muita água, por exemplo, ele não será a melhor opção.

 

Considere os diferentes formatos

 

Você irá encontrar o piso vinílico no mercado no formato de manta, régua e placa. O mais usado em reformas residenciais é o vinílico em formato de régua, visto que essa opção permite diferentes aplicações e paginações, como por exemplo a escama de peixe, que é bem famosa nos projetos de interiores. A boa notícia é que a maior parte das marcas possui o modelo em régua e você irá encontrar as mais diferentes opções de texturas, amadeirados e estampas.

 

Já o modelo em placa foge do tradicional formato retangular, com opções quadradas, hexagonais, triangulares e trapezoidais. Já a manta é comercializada em rolo por metro quadrado, cobrindo o ambiente com o mínimo de juntas possível, o que facilita bastante na hora de limpar. Esse formato é ideal para ambientes residenciais mais compridos, como corredores e até mesmo em quartos infantis, visto que acumulam menos sujeira e poeira.

 

Tipo de instalação

 

Os principais tipos de instalação são clicados e colados. Os primeiros são ideais para imóveis alugados e reformas comerciais, visto que a instalação é bem rápida e eles podem ser removidos com facilidade para serem usados em outros lugares. Essa opção possui entre 4 mm e 6 mm de espessura.

 

Já os colados são mais baratos, mas têm maior irregularidade do contrapiso por serem finos (entre 2mm e 3mm de espessura). Vale lembrar que essa opção conta com maior variedade de modelos, cores e permite paginações mais criativas ao misturar padrões e tons diversos.

 

Além disso, os modelos em régua e em placa podem ser colados e clicados, enquanto a manta só pode ser colada. Como não possui emenda, a instalação desse último é bem rápida, mas se o imóvel for alugado e você quiser reaproveitar o piso no futuro, não existe essa possibilidade, a não ser que encontre um apartamento com as mesmas medidas e configuração (o que é bastante difícil).

 

Observe o contrapiso

 

Como falamos, a espessura do piso vinílico fica entre 2 e 3 mm e para ter um bom resultado estético, é indicado que o contrapiso seja nivelado previamente. Isso porque, se for aplicado sem essa regularização, as imperfeições serão muito mais visíveis. Sendo assim, não deixe de contar com a ajuda de profissionais especializados para realizar a instalação.

 

Piso sobre piso

Também é possível aplicar o vinílico sobre um outro piso já existente. Contudo, ele também precisa estar nivelado, sem deslocamento ou problema de infiltração. Inclusive, é essencial realizar uma análise prévia do local antes de realizar a instalação e esse é um procedimento que deve ser feito por profissionais, a fim e garantir qualidade e segurança.

 

Escolha a textura

 

Por fim, existem vinílicos em régua que são texturizados e essa é uma ótima pedida para quem tem animais de estimação em casa, crianças ou idosos. Isso porque, eles possuem propriedades antiderrapantes, garantindo maior segurança para todos. Além disso, esse tipo de piso não estufa e é mais resistente às manchas.

 

Então, como você viu, a escolha no piso vinílico deve ser baseada em vários fatores importantes, a fim e garantir bons resultados para sua casa ou apartamento. Sendo assim, principalmente para quem é leigo no assunto, é importante contar com a ajuda de profissionais especializados, como o arquiteto ou designer de interiores. Isso porque, eles poderão criar projetos totalmente personalizados, considerando todo o contexto do imóvel e, assim, criando ambientes aconchegantes, confortáveis, elegantes e funcionais no dia a dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + dois =

× 6 = 18